segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Fazei o Bem

E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos. - Gálatas 6:9

Bom dia a todos, estava sumido mas voltei rs. Hoje quero compartilhar com vocês o que vivi no dia  09/12/2017. Esse dia foi marcante na minha vida. 

O grupo Pão de Açúcar todo ano promove um dia chamado "Dia da Solidariedade". Nesse dia, todas as lojas do grupo GPA recebem voluntários de uma ONG selecionada por eles  para arrecadação de alimentos. Pelo segundo ano, a ONG escolhida foi o Instituto Casa Viva. Essa ONG é da Igreja que sou membro (Betânia Igreja Batista). Nesse dia, de forma voluntária dedicamos um dia apenas e doamos o nosso tempo em prol do nosso semelhante. 
Como que funciona: Enchemos os carrinhos com os produtos do mercado e abordamos os clientes nas lojas explicando o que é o dia da solidariedade e deixamos o cliente a vontade para doar o item que desejar do carrinho. Todos os alimentos recolhidos através das doações são direcionadas para o ICV, para a Vila João Lopes (Comunidade em frente a Betânia que ajudamos), para o Lixão de Gramacho, Natal na Cinelândia que fazemos todos os anos e temos o privilégio de sentar a mesa com Jesus de Nazaré materializado nos moradores em situação de rua, além de outras ONGs que abençoamos. Ano passado atuamos com 700 voluntários e conseguimos arrecadar 17 toneladas de alimentos. Esse ano, com menos voluntários ultrapassamos a quantidade do ano passado e chegamos a marca de mais de 19 toneladas. Lembrando que na nossa primeira participação no ano passado essas 17 eram o nosso recorde e esse ano batemos o nosso próprio recorde. Estou dizendo isso para me vangloriar? De maneira alguma. Estou dizendo isso para que possamos ter a consciência de que Deus escolheu ser amado no próximo. Saber que chegam épocas como o Natal, aonde famílias sentarão as suas mesas, irão compartilhar do pão, trocarão presentes de amigo oculto, enfim sorrisos estarão nos rostos de cada um. Saber disso e ao mesmo tempo ter a informação que pessoas não terão nada para comer, para se alegrar, para compartilhar não pode nos deixar inertes a isso. 
Cristo morreu por nós e quando O recebemos como Senhor e Salvador de nossas vidas, não foi para que Ele fosse o fim em nós, mas o caminho para que através de nós, Ele chegasse a outros. Essa é nossa missão como pequeno Cristo. Nossa missão é AMAR. Amar sem colocar barreiras. Amar além da cor da pele, além da opção sexual, além da religião, amar além de ideologias. Somente AMAR. Quando amamos, dentro de nós existe uma força que nos rege a enxergar o Ser Humano sem ter como critério o que ele é ou o que vive. Jesus de Nazaré em seu ministério amou incondicionalmente a todos, inclusive aqueles que o perseguiam. Jesus tinha o prazer de sentar a mesa com todos, chegando a ser chamado de amigo de publicano e pecadores:

Veio o Filho do homem comendo e bebendo, e dizem: 'Aí está um comilão e beberrão, amigo de publicanos e pecadores'. Mas a sabedoria é comprovada pelas obras que a acompanham". - Mateus 11:19     

Cristo em sua caminhada não "selecionou" quem andaria com Ele, mas através do seu ministério no caminho, Ele atraiu a todos por suas atitudes, por suas palavras, pelo seu abraço, pelo seu amor. O ministério de Jesus foi e é lindo, humilde, simples, não seletivo,perdoador, amoroso, cativante. 

Que a exemplo do nosso Mestre, possamos fazer o bem, não esperando receber nada em troca, mas pelo contrário, doar. Doar nosso tempo, nosso amor, nossos dons, nossa vida, porque Cristo assim se agradará de nós. Poderia aqui, citar vários versículos que atestam esse post, porém que possamos materializá-los em nossa caminhada Cristã e que nosso Pai que nos abençoa muito mais além do que pedimos ou pensamos possa encher nossos corações de amor. 

Finalizo esse post deixando esse versículo e um vídeo do pouco que foi o Dia da Solidariedade e outro explicando a campanha.

“Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é mister socorrer os necessitados e recordar as palavras do próprio Senhor Jesus: Mais bem-aventurado é dar que receber.” (At 20.35.) 

                   Gustavo Correia




quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

A pureza de ser vulnerável

Graça e Paz aos irmãos, que Deus venha falar conosco nesta reflexão de hoje. Todos já me conhecem então, para que me apresentar né? Sou a Sáh, a fundadora do blog e agora estou com dois coautores e coescritores, Douglas e Gustavo nessa nova fase do blog MDJESV. Oh Glória!

A reflexão e a porta de conhecimento que abro hoje e que deixo para vocês, se encontra em dois textos:

"Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza." I Timóteo 4:12

"Por meio da nossa pureza, conhecimento, paciência e delicadeza, mostramos que somos servos de Deus. Por meio do Espírito Santo, temos mostrado isso pelo nosso amor verdadeiro"
2 Coríntios 6:6 NTLH

Pureza é uma palavra bastante subjetiva nesses tempos, principalmente no século 21. Esta palavra tem perdido sua real essência, sua principal propriedade porque o mundo tem ensinado que não precisa você ser puro, você ser diferente, você pensar coisas novas e puras. E pureza que me refiro, não é propriamente a ausência de intimidade sexual, não é isso. Hoje em dia, a pureza não é mais "bem vista", ela é ignorada, quem é puro, quem tem pensamentos "ingênuos" ou sadios é chamado de otário, bobo, ridículo. Eu te pergunto: E daí? E daí se te chamar assim? Só porque te chamam desses nomes, você toma para si e diz que você é?

Vou esclarecer pureza para mim, pureza nada mais é do que " tudo que é verdadeiro, tudo que é respeitável, tudo que é justo, tudo que é puro, tudo que é amável, tudo que é de boa fama" (Fp 4:8), basicamente, pureza pra mim é o que diz em Filipenses. Pensar em tudo aquilo que me faz chegar mais perto de Deus, pensar em tudo aquilo que Deus quer que eu pense, tornar a minha mente nova e renovada em Cristo todo os dias. Essa é a minha ideia de pureza. A pureza da mente acaba invadindo todo o corpo, todo o sentimento, coração, membros, espírito e enfraquece a carne e seus desejos impuros. Quando você pensa em tudo que é puro, amável, respeitável, verdadeiro e justo, o Espírito de Deus se torna mais forte e vence a carne. Quando você abre mão de pensamentos negativos, sujos, egoístas e injustos, você abre a porta da sua mente para Cristo e deixa Ele conduzir e controlá-la.

Mas o tema central da reflexão de hoje é "a pureza de ser vulnerável" ou a pureza da vulnerabilidade, eu falei da pureza em si mas a pureza da vulnerabilidade é algo mais interessante e profundo. Os dias atuais estão marcados por superficialidade, virtualidade, sentimentos falsos, imagens falsas, etc... A vulnerabilidade nos traz a ideia de autenticidade e também fraqueza, não é? Quem é vulnerável é fraco, é exposto a sentimentos, e os sentimentos são para "gente fraca". É isso que aprendemos neste mundo. Pra que amar, quando você pode ficar com vários sem se envolver profundamente? Pra que namorar um se você pode ficar com inúmeros numa noite? Pensamentos impuros, pensamentos de pessoas que não conhecem o seu real valor.

Vulnerabilidade é o contrário de fraqueza, é ser corajoso para se expor para os outros e não ter medo disso. Ser vulnerável é escolher sentir tudo que você pode sentir naquele momento sem se importar com as afrontas e palavras de acusação. Ser exposto nas suas emoções é ser exatamente como Jesus, quando morreu naquela cruz e foi exposto, tanto nas emoções quanto no corpo, por amor a nós. Ser vulnerável não é "sentir qualquer coisa", ou ser guiado pelas emoções, mas saber o que é para se sentir em cada momento, o que cada momento quer que você sinta, ou, mais profundo ainda, o que Deus quer que você sinta.

Juntando os dois conceitos, a vulnerabilidade é pura porque ela não depende de ninguém, você não depende de ninguém para sentir, para viver. A vulnerabilidade é pura porque ela te faz enxergar melhor você mesmo e os outros. Um exemplo de invulnerabilidade são aquelas pessoas que são racionais ao extremo, "parecem" que não sentem nada, na verdade, elas são inseguras e têm medo de expor o que sentem por medo, incerteza e insegurança. Quem sabe quem é, de onde veio e para onde vai, quer sentir tudo que Deus preparou para ela, não importa o que os outros possam dizer.

Que esta reflexão seja como uma luz, clareando seu entendimento e renove sua mente, espírito e corpo em Cristo, não por mérito meu, mas porque Jesus me fez valiosa em Seu sangue quando me redimiu do pecado e da morte.

Ótimo dia para você!

                              Sáh

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

O que está faltando?

Mc 10:21a "E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Falta-te uma coisa:..."

Gente, boa noite! Como vocês tem passado? Espero que estejam todos bem em Jesus!

Leram a passagem que eu coloquei acima?

O que tem faltado pra você estar lado a lado com Deus? O que tem faltado pra estarmos completamente cheios do Espírito? Nesta passagem, Jesus estava falando com um jovem que perguntou o que faltava para conseguir a vida eterna. Cristo, sendo sábio, o instruiu a seguir os mandamentos vistos na Lei Mosaica que iria se sair bem, porém, o jovem confiante de si, afirma que cumpre tudo desde a mocidade! Você aí, que acha que frequentar a igreja aos domingos, devolver seu dizimo,  você acha que está fazendo seu máximo? Você realmente acha que é só isso o esperado de você? Amado, FALTA-TE UMA COISA! O que está te faltando, como já foi lido anteriormente, pra você se encher por completo?
Talvez, aquele seu sentimento egoísta que faz você pensar que tudo precisa ser só pra você. Que a palavra que te alcançou seja apenas para você.
Talvez, seja o seu ego dizendo que você é bom demais pra fazer qualquer coisa que não seja liderar.
Talvez, seja aquele seu pecado que está oculto e você não permite que Deus trate.
Mas eu tenho uma coisa pra te dizer: Assim como Jesus fez com aquele jovem, Ele faz com a gente. Assim como Jesus amou aquele jovem o suficiente para o avisar, para o alertar dizendo "Filho, tá te faltando uma coisa", Deus está te chamando pra vender e tirar tudo o que está te impedindo de seguir o Mestre. Largue tudo e venha pra Deus. Não tenha medo de deixar orgulho, fama, posição social, riquezas ou qualquer outra coisa do mundo. Deus irá te suprir e irá te moldar para que você não venha mais sentir vontades ou necessidades com coisas que não vêm do alto. Ainda há tempo.

O que te falta?


                                                                                                                                Doug.

sábado, 2 de dezembro de 2017

Inteireza de Coração


Boa Noite a todos vocês, muito prazer. Meu nome é Gustavo, tenho 25 anos e recebi um convite muito especial para fazer parte desse blog. Muito Obrigado Sarah pelo convite e pela confiança. Sou membro da Igreja Batista Betânia em Sulacap. Eis minha primeira postagem no blog. Que possa falar grandemente ao coração de vocês.   



Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo e retivesses parte do preço do terreno? Enquanto o possuías, não era teu? E vendido, não estava o preço em teu poder? Como pois, formastes este desígnio em teu coração? Não mentistes aos homens, mas a Deus.  Atos 5:3,4


Ontem tivemos uma experiência maravilhosa na Faculdade Bennett que além de sentirmos a presença do Espírito Santo e de nosso Pai, fomos levados a momentos únicos de entrega e reflexão. Deus agiu através de nossas vidas de uma maneira muito especial nessa vigília, e um dos momentos que mais falaram ao meu coração foi esse, que remeteu ao versículo acima. Por isso começo esse texto levando vocês a uma reflexão.

O que significa Inteireza de Coração para você?

A Bíblia nos mostra alguns exemplos de como ser, ou melhor, de como temos a certeza de que estamos entregando por inteiro o nosso coração naquilo que fazemos. Penso eu, que entregar o coração está diretamente relacionado a intenção do feito. Em Genesis 4 a partir do verso 3, quando estudamos essa passagem, nos vem à mente logo o primeiro homicídio que acontece na história da humanidade, mas se estudarmos mais a fundo, vamos perceber que o homicídio acontece por causa de sentimentos que surgiram no coração. Caim matou Abel por inveja, mas também o matou porque, ao ofertar ao Senhor ele não o fez com inteireza de coração, ao que Abel assim o fez. Quando ofertamos ao Senhor, devemos ter consciência da importância desse momento. Deus, ao nos criar, pensou em cada detalhe e a despeito deste o pensou com todo amor, porque nosso Pai é amor, sua essência é amor, sua interioridade é amor. Deus usou o amor para criar a mulher a partir do homem. Que Deus maravilhoso que servimos! 
Outro exemplo que podemos mencionar de entrega total a partir do coração, vem de Marcos capítulo 12.41-44 no relato da oferta da viúva pobre onde podemos perceber de uma maneira muito clara que o que foi mais importante para Deus não foi a quantidade especifica depositada no altar, mas sim a intenção do feito porque antes da viúva ir ao altar, ela foi antecedida por ricos que ali depositaram grande quantidade, mas que nenhuma delas foi com o coração sincero e receberam reprovação da parte do Senhor. A oferta não é só sobre valores financeiros mas também está relacionada a tudo o que vamos fazer em nossa vida, principalmente quando falamos de vida espiritual. Quando ofertamos o nosso tempo para ler a palavra, meditar e estudar nela, falar com nosso Deus, precisamos o fazer com total amor e alegria. Não estamos “gastando” tempo quando fazemos isso, mas “investindo” tempo e posso garantir que é o melhor investimento que podemos fazer em nossas vidas, porque estamos passando tempo com nosso Pai, ouvindo Dele e permitindo que Ele ouça nossa voz. Colocamos diante Dele tudo aquilo que tem nos incomodado, entristecido, chateado e também compartilhamos com Ele nossas alegrias, nossas conquistas, nossos planos, sonhos e projetos que desejamos, e que também quando colocamos diante Dele, sabemos que Ele tem o melhor para nós. Uma passagem fala muito ao meu coração em relação a entrega, e ela vem de 1 Crônicas 29:3

‘’Além disso, porque pus o meu afeto na casa de meu Deus, o ouro e prata particular que tenho, eu o dou para a casa do meu Deus, afora tudo quanto tenho preparado para a casa do santuário. ”   

Que passagem linda essa e que fala muito ao meu coração. Aqui, Davi doa o que tem para a construção do templo, e o que mais chama a minha atenção é a intenção de Davi em abençoar a casa de Deus. Ele, ao ter essa atitude, a faz porque ama e ponto. Em momento algum Davi faz com a intenção de receber algo em troca da parte do Senhor. Essa deve ser nossa maior inspiração, dar ao Senhor não como moeda de troca, mas sim dar ao Senhor porque o amamos e somos dependentes Dele.
A igreja primitiva tinha amor no coração, e não fazia nada esperando receber alguma coisa em troca. Atos 4.32-35 nos remete a refletir sobre entrega, doação, simplesmente porque amamos e não porque esperando receber algo da parte de quem estamos abençoando. ...E a igreja crescia e caia na graça de todo o povo... (Atos 2:47). E por não esperarem receber nada em troca, os primeiros Cristãos alvoroçavam o mundo (Atos 17:6)  
O versículo que citei acima é um exemplo de que nem tudo o que fazemos é com a verdadeira intenção de coração. Ananias e sua esposa Safira, por mais que tivessem realizado uma boa ação, seus corações não estavam inteiros naquele feito, posso destacar alguns pontos nesse texto:
1
·         Seu coração já estava corrompido antes mesmo dele vender sua propriedade, pois Satanás já havia enchido o coração dele de amor pelo dinheiro.
·         Ananias não foi obrigado por ninguém a tomar essa atitude e vender sua propriedade, e então por que ele o fez? Qual era a intensão do seu coração?
·         Safira sua esposa, o tempo todo consentiu com esse plano, porque Ananias já estava com a intenção de vender e reter parte do valor. 

Ananias nunca teve o desejo de ajudar o próximo, mas quis faze-lo porque os demais o estavam. Porém a diferença e que os outros fizeram de todo o coração e sem esperar nada em troca. Posso comparar a oferta de Barnabé (Atos 4.36,37), que o fez de todo o coração e sua entrega foi completa.   

Que possamos exercer reflexão sobre o que estamos entregando a Deus e como está sendo essa entrega. Que possamos fazer alto análise sobre as intenções do nosso coração e que acima de tudo possamos sempre trazer a memória que nosso coração pertence a Deus e que Ele sonda e conhece o interior do nosso coração. Deus vai aonde o ser humano não pode ir, Ele conhece o que nem as pessoas mais próximas a nós podem conhecer ou pensar em conhecer. Deus habita dentro do mais profundo do nosso coração. Tenha isso sempre em sua mente
Que Ele nos abençoe grandemente e esteja sempre guardando e protegendo nossos corações. Deus abençoe grandemente sua vida.


Gustavo Correia 

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Primeira abordagem/Conhecer a Cristo ~Doug

Boa noite a todos vocês aqui do Marcas de Jesus em Sua Vida! Antes de começar a escrever qualquer coisa que possa, pela Graça de Deus, alimentar ou incentivar a vida de vocês, eu acho saudável ter uma apresentação feita pelo próprio autor, concordam?
Vamos lá....

Como já foi dito pela Sarah: Meu nome é Douglas, tenho 22 anos de idade, sou natural do RJ e sou membro e músico da Igreja Metodista em Ricardo de Albuquerque. Eu já tive experiências anteriores com blogs e etc, mas é a primeira vez que eu me proponho a algo tão sério e eu estou muito animado com isso.
Feitas as devidas apresentações, vamos ao que interessa, não é mesmo?

Será que nós, verdadeiramente, conhecemos Jesus?

Quando falamos em conhecer alguém de verdade, a primeira coisa que precisamos ter em mente é "qual o meu nível de intimidade com esta pessoa?". Qual o nível de intimidade que temos com Jesus? Será que estamos criando um nível de intimidade grande o suficiente para termos essa ousadia e certeza de dizer "Eu conheço a Jesus".

Quando ressuscitou e veio ter com os discípulos, Jesus foi a Pedro e questionou o amor que este sentia pelo Mestre. "Eu te amo, mestre!"; "Sabes que eu te amo"; "Senhor, tu o sabes...". Estas foram as respostas ditas pelo discípulo tido como um dos mais próximos de Cristo. Porém, Jesus nos surpreende ao dizer "Pedro, quando te converteres, confirma teus irmãos". Como assim?! Pedro, o cara mais forte e mais ativo, não era convertido? Jesus, neste momento, coloca Pedro em um dilema: "Devo continuar no mesmo nível de intimidade ou devo me entregar cada vez mais e mais a Jesus?"
Assim é em nossas vidas: Somos questionados diariamente sobre nosso amor por Deus. Muita das vezes, por estarmos nos sentindo em posições "confortáveis" deixamos de buscar mais. Só que o problema é que quanto mais nos acomodamos, mais distantes ficamos e menos conhecemos a Cristo.
Jesus quer um relacionamento em que possamos conhecê-lo, diariamente, e de formas diferentes, para que possamos sempre renovar nosso amor e intimidade com Deus.
Tenham uma ótima noite.
Graça e Paz


                                                                                                                       Doug.

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

MÊS DA RENOVAÇÃO

Quero aqui compartilhar com quem visualiza e lê meu blog desde o início que não será somente eu, mas DOIS INTEGRANTES (por enquanto confirmados são dois!) que vão escrever, que vão somar conosco!! Não é maravilhoso? Pensei em como este blog abençoou vidas, até a minha e quero inovar a ideia do blog, não somente MARCAS DE JESUS EM MINHA VIDA, mas na vida dos meus amigos que também tem muitas experiências tremendas com Deus e que atenderam meu convite.

DOUGLAS SEREJO - 22 anos, Meu amigo de longas datas da Igreja Metodista de Ricardo de Albuquerque, tecladista nato, homem de Deus e tem muito a passar pra vocês. TMJ @Doug

GUSTAVO CORREIA - 25 anos, Amigo de caminhada espiritual, da Igreja Batista Betânia, sempre disposto a servir a Deus em sua Igreja, homem de Deus e com certeza será usado neste blog. Firmes, né @Gus?

Por enquanto temos esses dois parceiros de experiências, irão postar mensagens de intimidade, de convivência com Deus pessoais e claro, eu também irei continuar postando! Vocês não irão se livrar de mim tão fácil!

Novidades que irão abençoar mais o nosso blog!!! 


segunda-feira, 27 de março de 2017

A busca incessante por Deus nos torna íntimos

Oi! Bom dia a todos! Já começo dizendo que a culpa é minha por não postar nos últimos meses no blog, mas é que a vida de universitária-formanda é bem corrida, principalmente nos últimos semestres. Mas Deus tem seus propósitos não é? Cada coisa no seu momento, agora é momento de estudar. Porém esses dias tenho aprendido bastante com Deus, e vou tentar resumir tudo numa única postagem para não ficar quebrado o assunto.


1- A onda agora no meio dos cristãos: "Desigrejados"
São os cristãos que creem em Deus, acreditam na Salvação pela cruz, porém não frequentam mais a Igreja (instituição). Alguns por questões de saúde, outros por questões passadas (briguinhas com irmãos da igreja, ódio, raiva, mágoas antigas...), outros por simplesmente não crerem mais na instituição "igreja", e até outros que não frequentam por causa de todos os motivos acima.
 Quero deixar minha posição, já que aqui é meu blog e de Deus, quero deixar o Espírito Santo me conduzir nas minhas palavras: Não adianta você buscar intimidade com Deus, sem frequentar a Sua casa. Não é lógico você querer conhecer Deus por inteiro, sem ir à casa DEle, "comer algo", conversar com Ele... Imagina um casal de namorados, namorar mas não ir na casa um do outro. "Não precisa, vamos namorar no shopping, na igreja, pelo telefone, mas na sua casa não." 
  Todos sabemos que é na Casa da pessoa, que existe a privacidade dela,  você a vê como ela realmente é, relaxada, confortável, sem frescuras que costumamos ter na rua, no shopping. Na casa da pessoa há intimidade, cumplicidade. Assim é a igreja de Deus, a verdadeira igreja, aquela que Deus reina, não a que o homem toma as rédeas, quer impor suas regras, não! A que Deus realmente manda, a casa dEle é DEle, não do homem.
  Claro, óbvio que não estou criticando, julgando aqueles que não PODEM ir a igreja, por doenças, ou por questões de trabalho, compromissos, não! Por favor, não me entenda mal. Quero apenas expor minha opinião a vocês e sei que muitos vão concordar. Eu nasci na Igreja, desde bebê, meus domingos sempre foram na Igreja, nunca abri mão (só nas férias pastorais né, pq o pastor também é ser humano né?). Tenho essa doutrina, esse costume enraizado na minha vida e me orgulho disso, EU ta? EU me orgulho. Não quero de forma alguma influenciar você a pensar como eu.

Tenha em mente três coisas:
a) Deus quer ter intimidade com você, sem reservas, sem "regrinhas" que vc possa tentar colocar, ou muros entre vcs, não. Deus quer você por inteiro. Não coloque empecilhos entre vcs, "Ah essa igreja não, essa outra não, não é pra mim." A Igreja é de Deus! Não sua, Ele é que deve se sentir bem ali, não apenas você. Entenda: Vc deve pedir a Deus orientação sobre qual igreja frequentar, e aceitar essa orientação, porque Deus sabe o que é melhor pra nós. Deus sabe o que vc "precisa" numa igreja, o que lhe faz bem, Deus irá te dar aquilo que você necessita, basta você confiar nEle.

b) A igreja tem muuuuitos problemas! #Fato Sabemos bem disso, porque somos seres humanos, somos errantes e nenhuma (NENHUMA!) igreja é perfeita. Não busque uma igreja que seja perfeita a seus olhos, mas sim que seja agradável aos olhos de Deus.
Pergunte: "É essa? Essa é a que o SENHOR quer? Essa está boa?"

c) Existe "igreja" e "Igreja": Igreja com I somos nós, a noiva de Cristo que subirá com Ele naquele grande dia, a Igreja de Cristo. A igreja com i é a igreja (instituição). (Calma! Só escrevi dessa forma pra diferenciar uma da outra, eu escrevo Igreja sempre com I - não importa o significado. Não ache que estou menosprezando a Igreja - instituição) Somente para que tenham em mente que existem duas Igrejas. Deus, no Antigo Testamento, pediu ao povo para que fizessem um Tabernáculo, um Templo em adoração a Ele, onde se fazia oferendas, cultos a Ele. Há uma importância muito grande nesse fato, Deus pediu para que existisse a Igreja, para que houvesse um líder espiritual (pastor), houvessem ministérios, para que houvessem louvores a Ele, cânticos. Deus criou a Igreja, a Sua Casa.


2-  A Busca incessante por Deus nos torna íntimos
É óbvio essa afirmação não é? Quem busca mais, conhece mais. Quem busca conhecer mais a pessoa, vai conhecer mais... Deus é assim, Ele quer que O busquemos de todo nosso coração, de todo nosso entendimento, de toda nossa alma. Busque para se tornar íntimo de Deus, assim você obterá a santificação, a intimidade e a salvação em Deus.

Tudo que peço a você, é que seja verdadeiro com Deus, não minta, Deus sonda o coração do homem por completo, não hesite em conversar, se abrir com Deus. Ele te ama muito!
Como eu escrevi na página (@marcasdejesusblog - curte lá no Facebook), Só se sabe que estamos em intimidade com Deus, quando sabemos mais DEle do que de nós mesmos. Eu posso dizer que sei muito de mim, mas sei muito mais de Deus, e quero conhecê-Lo mais e mais, pra que possa passar isso à meus filhos, netos e tataranetos.
 Aqui embaixo tem uma música que expressa exatamente o que quero ter com Deus, intimidade! Quero calçar meus pés nos seus sapatos, quero vestir sua camisa, quero ter intimidade Jesus!
Eu sempre choro com ela rs, espero que seja benção na sua vida também.

Deus os abençoe abundantemente!
Graça e Paz
Sarah Lopes

 

~* Contatos *~

E-mail: sarahlmudesto@live.com



Página Oficial do Facebook (curta você também!!!):